O ácido nítrico pode ser preparado em diversas concentrações, para fins particulares. O ácido nítrico concentrado, normalmente usado em laboratórios e aplicações industriais, é a solução aquosa de ponto de ebulição constante, contendo 68% de ácido nítrico (42,25º Baumé).

  O ácido nítrico fumegante é o ácido concentrado contendo óxidos de nitrogênio livres, dissolvidos, que elevem a concentração para mais de 96% em peso. Este ácido deriva seu nome porque fumega quando exposto ao ar. Apesar de ser menos estável que o ácido concentrado normal, o ácido nítrico fumegante reage mais vigorosamente, devido à presença dos óxidos nitrosos livres.

  Ácido nítrico diluído pode ter qualquer concentração abaixo de 68%, porém o termo é normalmente empregado para designar uma solução de aproximadamente 10% de ácido nítrico, preparado por diluição de uma parte de ácido nítrico concentrado normal com 5 (cinco) partes de água. Ácido nítrico diluído tem um efeito muito corrosivo sobre metais, especialmente alumínio.

  Além disso, o ácido nítrico, em várias concentrações, é utilizado para fabricação de corante, explosivos, ésteres orgânicos, fibras sintéticas, nitrificação de composto alifáticos e aromáticos, galvanoplastia, seda artificial, nitroglicerina, nitrocelulose, ácido pícrico, ácido benzóico, nylon, terylene, etc.

  É um ácido forte, usado como agente oxidante e de nitração. Reage explosivamente com álcool.

  O aspecto do ácido nítrico vai desde marrom claro até incolor, à medida que for diluído em água. É considerado como "'ácido fumante", em concentração superior a 85,7% (47º Bé). "Ácido fumante vermelho" é ácido nítrico muito concentrado (saturado nas condições normais) contendo óxidos de nitrogênio,. Em temperaturas elevadas dá-se a pirólise (decomposição térmica) do ácido nítrico, liberando-se vários tipos de óxidos de nitrogênio (NO
x) todos eles gasosos e erradamente conhecidos como "fumos nitrosos". 


Próxima página » IMPRIMIR